Rua Coutinho e Melo, 18 (11)3808-9993(11) 96362-5253

REDUZA A PARCELA DO SEU VEÍCULO EM ATÉ 40%! QUITE SEU VEÍCULO COM ATÉ 70% DE DESCONTE! FALE CONOSCO AGORA!

Estados dos EUA voltam atrás na flexibilização contra a Covid-19 – Mundo – iG

Home » Blog » Estados dos EUA voltam atrás na flexibilização contra a Covid-19 – Mundo – iG

Estados dos EUA voltam atrás na flexibilização contra a Covid 19   Mundo   iG

Homem com máscara caminhando em calçada William Volcov/Brazil Photo Press/Agencia O Globo EUA seguem sendo o país mais atingido pela doença, agora seguido por Brasil e Rússia

Onze estados dos Estados Unidos voltaram atrás na decisão de flexibilizar as medidas de isolamento social em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) ou decidiram não ampliar o desconfinamento da população.

Leia também

Segundo informações da CNN , não vão para a próxima fase de reabertura os estados do Arizona, Arkansas, Carolina do Norte, Delaware, Idaho, Louisiana, Maine, Nevada e Novo México.

Alem disso, o Texas e a Flórida recuaram em algumas medidas diante do aumento recorde no número de casos confirmados de Covid-19 . Enquanto o primeiro estado voltou a fechar seus bares, o segundo proibiu a venda de bebidas alcoólicas em bares.

No início da pandemia, os dois estados foram pouco atingidos pelo novo coronavírus. Com a sua proliferação, no entanto, ambos passaram a ser os maiores alvos.

Hoje os Estados Unidos são o país que lidera o ranking mundial dos mais atingidos, com cerca de 125 mil mortos.

“Neste momento, está claro que o aumento dos casos se deve, em grande parte, a certos tipos de atividade, incluindo reuniões em bares”, apontou Greg Abbott, governador do Texas, um dos estados mais agressivos em sua reabertura, no começo de junho, após meses de confinamento.

Nesta sexta-feira (26), Anthony Fauci, assessor médico da Casa Branca, afirmou que os EUA enfrentam “sérios problemas” com o aumento dos casos do novo coronavírus.

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2020-06-26/estados-dos-eua-voltam-atras-na-flexibilizacao-contra-a-covid-19.html

Deixe uma resposta