Rua Coutinho e Melo, 18 (11)3808-9993(11) 96362-5253

REDUZA A PARCELA DO SEU VEÍCULO EM ATÉ 40%! QUITE SEU VEÍCULO COM ATÉ 70% DE DESCONTE! FALE CONOSCO AGORA!

iG – Notícias, Vídeos e Fotos de Famosos, Esportes, Bate Papo, Horóscopo – Acesse e fique por dentro das últimas no Brasil e no Mundo – Economia, Política, Saúde e Internacional

Home » Blog » iG – Notícias, Vídeos e Fotos de Famosos, Esportes, Bate Papo, Horóscopo – Acesse e fique por dentro das últimas no Brasil e no Mundo – Economia, Política, Saúde e Internacional

iG   Notícias, Vídeos e Fotos de Famosos, Esportes, Bate Papo, Horóscopo   Acesse e fique por dentro das últimas no Brasil e no Mundo   Economia, Política, Saúde e Internacional

felipe lima gomes Reprodução Felipe Lima Gomes, de 18 anos, confessou para Polícia Civil que atirou acidentalmente em Kauã

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira um jovem suspeito de ser o autor do disparo que matou  Kauã Vitor da Silva , de 11 anos, no Complexo da Maré. Felipe Lima Gomes , de 18 anos, conhecido como Panelinha , foi capturado por policiais da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco-IE). Panelinha se entregou na Avenida Brasil, altura de Bonsucesso, acompanhado da mãe.

Leia também

Segundo o delegado William Pena Junior, titular da Draco , Panelinha foi levado para a sede da especializada, no Centro do Rio, onde confirmou que atirou acidentalmente em Kauã. Pena, que não quis dizer o local exato da prisão do suspeito, afirmou que chegou a Panelinha “através de um trabalho de inteligência”: “Ele não ofereceu resistência. (Na delegacia) confessou o crime e prestou depoimento”.

De acordo com a especializada, ele possui quatro passagens pela polícia por furto. O suspeito foi levado para prestar depoimento na Cidade da Polícia em inquérito sobre o tráfico na área da Maré. Em seguida, foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da capital, que apura o homicídio de Kauã .

Família tinha outro suspeito

Até quinta-feira, a família de Kauã afirmava que o menino tinha sido morto coim um tiro na cabeça disparado por um adolescente de 12 anos, recém-cooptado para atuar como olheiro do tráfico na Vila dos Pinheiros. A DH inclusive investigava a informação de que o garoto autor do disparo foi morto por traficantes locais após o crime.

A tia de Kauã , em depoimento na DH, contou que seu sobrinho conhecia o atirador e que o encontrou quando brincava em frente à sua casa, na Rua Projetada 1.

Ontem, a ambulante Alexandra Silva, de 25 anos, mãe de Kauã, disse que sua vida foi destruída pela tragédia. “Não estou em condições de falar. Minha vida foi destruída e nada do que eu disser vai adiantar. Não vai trazer meu filho de volta”, desabafou ela

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br/policia/2020-06-27/suspeito-de-matar-menino-kaua-no-complexo-da-mare-vai-a-delegacia-ao-lado-da-mae.html

Deixe uma resposta